[Imprimir]

Pela primeira vez na UTAD, mais de 80 mentores acolheram e acompanharam os novos estudantes nas semanas de matrículas e de integração, dando informação acerca das diferentes atividades e respondendo a dúvidas. O programa de mentoria começou a funcionar este ano letivo e conta com estudantes voluntários dos 2º e 3º anos dos vários cursos da UTAD, tendo já mais de 120 inscrições.

O objetivo é fazer um acompanhamento dos novos estudantes nas dúvidas e ou dificuldades sentidas no primeiro ano no ensino superior, promovendo a adaptação e integração plena destes. Trata-se de um apoio fundamental, já que “facultam informação detalhada acerca do funcionamento da universidade, dos apoios e serviços oferecidos”, explica Isabel Alves, pró-reitora para a Área da Qualidade e coordenadora do projeto.

Mas, se por um lado o projeto proporciona aos novos estudantes “uma melhor integração no contexto universitário”, este permite também o “desenvolvimento pessoal e académico dos estudantes mentores”, acrescenta a responsável.

Neste primeiro contato as impressões recolhidas não podiam ser melhores tendo sido reportado que a grande vantagem do programa para os novos estudantes “é saberem que não estão sozinhos, e caso necessitem de apoio saberem a quem recorrer, aspeto que tranquiliza os pais, uma vez que os filhos se encontram mais apoiados neste primeiro contacto com a UTAD”, conclui a coordenadora do projeto.

A Rede Portuguesa de Mentoria|Tutoria Interpares no Ensino Superior nasceu em março de 2019 com a assinatura da carta de Mentoria|Tutoria Interpares. A UTAD é uma das cinco Instituições fundadoras e tem como coordenadora Isabel Alves, pró-reitora para a Área da Qualidade.

 

Foto: Alguns dos estudantes mentores que receberam os novos estudantes nas matriculas