[Imprimir]

A investigadora Lia Dinis arrecadou um prémio na Conferência Internacional de Ciências Agrícolas e Biológicas (ICABS 2019 – International Conference on Agricultural and Biological Science) que decorreu em Creta, na Grécia, no passado mês de agosto.

A investigadora do INTERACT (“Integrative Research in Environment, Agro-Chains and Technology”) conseguiu o prémio de “2nd Best paper in the Conference” com a comunicação oral do trabalho “Grapevine Ecophysiology and Berry’s Quality: Best Adapted Varieties in Douro Region Terroir”.

Considerando a sua participação “extremamente positiva”, Lia Dinis diz que o trabalho serve de alerta para os problemas do clima. “Creio que consegui chamar a atenção para a problemática dos efeitos das alterações climáticas na viticultura e para algumas medidas que visam mitigar esses efeitos”, refere a investigadora que se mostrou satisfeita, não só pelo prémio mas também “pela divulgação do que fazemos na UTAD ao mundo”.

O ICABS 2019 é uma conferência organizada pela Sociedade Internacional de Engenheiros e Investigadores.

O INTERACT é um projeto científico UTAD, financiado pelo Programa Operacional NORTE 2020, integrante do acordo Portugal 2020, e por fundos FEDER da União Europeia, representando um investimento de 4,1 milhões de euros. Ao todo, tem três linhas de investigação (BEST, ISAC e VITALITYWINE), envolvendo mais de 80 investigadores e 30 bolseiros.

 

Foto: DR

Fonte: INTERACT