[Imprimir]

A lente de João Carrola deu origem ao livro “O campus da UTAD pela Imagem”. Trata-se uma coletânea de fotografias da autoria do docente e investigador da UTAD, e também fotografo amador, João Carrola, que durante anos fotografou o campus e cujos instantes estão agora compilados em livro.

Com prefácio e textos de Luis Torres de Castro, Professor emérito da UTAD e mentor deste Jardim botânico – qual “revelação viva e encantadora” – considera que este este livro “exalta a magia da diversidade”.

A compilação é uma abordagem visual do maior Jardim Botânico da Península ibérica, que obteve esse estatuto em 1988, e onde se insere a UTAD. Acomoda uma das mais significativas coleções vegetais a nível nacional e está integrado na Reserva Ecológica Nacional e na Rede Natura 2000.

“Esta viagem fotográfica” nas palavras de Fontainhas Fernandes, Reitor da UTAD, foi apresentada por Frederico Meireles, arquiteto paisagista e pupilo de Torres de Castro, e permite “observar e registar a beleza impar deste magnífico campus“ que “inspira a atividade cientifica e de docência com reflexo na qualidade de vida da academia”, sublinha Fontainhas Fernandes.

Em resumo, “ é um passeio delicioso e sedutor”  que revela a “invulgar sensibilidade artística” de João Carrola, que fez deste livro um testemunho visual da vida do e no campus, nas diferentes estações, e que exalta a diversidade cromática das espécies botânicas oriundas de quatro cantos do mundo, neste que é uma “obra viva” em constante desenvolvimento.

Um projeto acolhido e apoiado pela Reitoria da UTAD e pelo Santander Universidades. O lançamento oficial deu-se a 27 de novembro, no âmbito da iniciativa “UTAD uma Universidade Verde”.