[Imprimir]

Decorreu a 27 de novembro, a cerimónia de encerramento das Comemorações do Ano Internacional da Tabela Periódica (AITP) da UTAD, integrada na Semana da Ciência e Tecnologia, celebrando-se, pela última vez, o legado excecional de Mendeleev.

Este evento contou com dois oradores convidados Raquel Gonçalves-Maia, Professora Catedrática aposentada da Universidade de Lisboa, com a palestra “Mendeleev e a Tabela Periódica – Sonho e Pesadelo” e Adelino Galvão, Professor Auxiliar do Instituto Superior Técnico e Secretário-Geral da Sociedade Portuguesa de Química, com a palestra “Tabela Periódica – Um Ícone na centralidade da Química”.

Raquel Gonçalves-Maia salientou o papel fundamental de Mendeleev, que, apesar de ter tido “precursores e contemporâneos na elaboração do sistema periódico” foi “a sua versão, física e quimicamente mais detalhada, com espaços de previsão, que maior impacte veio a ter na comunidade científica”.

Já Adelino Galvão destacou a importância das celebrações do AITP como uma “oportunidade para mostrar a centralidade da Química e o seu papel na resolução dos grandes problemas da humanidade, numa ótica de desenvolvimento sustentável, nas áreas do ambiente, energia, alimentação ou saúde”.

Ao longo de 2019, a Comissão Organizadora do Departamento de Química para as comemorações do AITP da UTAD dinamizou diversos eventos, respondendo ao desafio lançado pela Sociedade Portuguesa de Química, que podem ser consultadas aqui.

As iniciativas contaram com o apoio da Reitoria da UTAD, da Escola de Ciências da Vida e do Ambiente e do Departamento de Química. A Câmara Municipal de Vila Real, as Escolas Secundárias da cidade, o Nosso Shopping e o Teatro de Vila Real foram também parceiros importantes em muitas celebrações.

cof