[Imprimir]

No passado dia 3 de dezembro, no auditório dos Blocos Laboratoriais da UTAD, decorreu a conferência final do projeto “UNI+i”, um programa transfronteiriço que ao longo de dois anos apoiou 32 empreendedores e 30 empresas de recente criação nos dois lados da fronteira (Norte de Portugal e Castela e Leão).

Coordenado pela UTAD, e contando com a colaboração de outras entidades portuguesas e espanholas (Universidade do Porto, Universidade de Salamanca, Associação Ibérica dos Municípios Ribeirinhos do Douro e os dois parques científicos – Regia Douro Park e Parque Científico da Universidade de Salamanca) este programa procurou contribuir para a criação de projetos competitivos e inovadores em sectores estratégicos comuns, incluindo as Ciências da Vida e da Saúde, o Ambiente, a Agroalimentação e Recursos Naturais, as Tecnologias de Informação e Comunicação, e o Setor TIC e Engenharias.

Esta conferência final contou com a presença de vários peritos em empreendimento inovador, destacando-se as ações desenvolvidas pela UTAD na promoção do empreendedorismo inovador e da competitividade das empresas, bem como os impactos do projeto “UNI+i” no ecossistema inovador da Universidade de Salamanca, no Parque de Ciência e Tecnologia Regia Douro Park e na vida das empresas apoiadas. Foram também ouvidos testemunhos de empreendedores e empresários beneficiários.