[Imprimir]

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) é membro fundador do Pacto Português para os Plásticos. O evento de lançamento deste Pacto teve lugar a 4 de fevereiro, no Auditório Sede da EDP em Lisboa, e contou com mais de 150 participantes.

O Pacto Português para os Plásticos é coordenado pela Associação Smart Waste Portugal, com o apoio do Ministério do Ambiente e da Ação Climática; Ministério da Economia e Transição Digital; e Ministério do Mar, e é parte da Rede dos Pactos para os Plásticos da Fundação Ellen MacArthur.

Trata-se de uma plataforma colaborativa e de inovação, unida por uma visão comum, de uma economia circular para os plásticos em Portugal, onde estes nunca se converterão em resíduos.   Este compromisso comum, junta o Governo, os diferentes agentes da cadeia de valor dos plásticos, a Academia e ONG’s, num total de 50 organizações.

Através da assinatura deste Pacto, a UTAD e as restantes entidades envolvidas comprometem-se a desenvolver ações com vista a atingir um conjunto de metas e objetivos ambiciosos para 2025, sendo eles:

  • Definir, até 2020, uma listagem de plásticos de uso único considerados problemáticos ou desnecessários e definir medidas para a sua eliminação;
  • Garantir que 100% das embalagens de plástico são reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis;
  • Garantir que 70%, ou mais, das embalagens plásticas são efetivamente recicladas, através do aumento da recolha e da reciclagem;
  • Incorporar, em média, 30% de plástico reciclado nas novas embalagens de plástico;
  • Promover atividades de sensibilização e educação aos consumidores (atuais e futuros) para a utilização circular dos plásticos.

O Pacto Português para os Plásticos assume-se como uma iniciativa colaborativa que pretende liderar pelo exemplo e servir de inspiração, no movimento de transição dos plásticos para uma economia circular.

A UTAD tem vindo a tomar medidas de redução do plástico no campus, entre estas a  recolha diferenciada de resíduos, com principal destaque para o plástico, com a instalação de sistemas de recolha em todas as salas de aula, em parceria com a Resinorte; a instalação em edifícios e auditórios de máquinas dispensadoras de água e respetivos kits com jarras e copos de vidro; a substituição dos copos de plástico para café por copos em papel, em parceria com as empresas distribuidoras; e a promoção e colaboração com a associação Smartwaste Portugal nas estratégias para a redução do uso do plástico e valorização de plástico usado.

A UTAD é ainda membro fundador da Global Commitment da Fundação Ellen MacArhtur e da ONU, no que diz respeito à eliminação/redução do uso de plástico. Este compromisso internacional para eliminação dos plásticos junta as grandes empresas e instituições, sendo a UTAD uma das cinco empresas/instituições nacionais fundadoras.

Hoje, 6 de Março, é lançado o European Plastics Pact, do qual a Associação Smart Waste Portugal é membro, enquanto organização coordenadora do Pacto Português para os Plásticos. Este visa complementar as iniciativas nacionais (dos diferentes países Europeus) promovendo a cooperação, harmonização e ligação entre as diferentes partes interessadas. Esta iniciativa pioneira, reúne países líderes e empresas privadas, assim como outras organizações ligadas à cadeia de valor do plástico da Comunidade Económica Europeia.

Foto: DR