[Imprimir]

A E-Learning Academy criada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), foi apresentada a 18 de junho, num evento online com participantes de todo o mundo, tendo a UTAD sido representada pelo Vice-Reitor para o Planeamento e Internacionalização, Artur Cristóvão.

Esta Academia oferece mais de 300 cursos gratuitos, em várias línguas, e funciona em regime de e-learning ou, nalguns casos, blended learning, que tiveram o contributo de mais de 200 organizações parceiras.

Os cursos dirigem-se a públicos muito distintos, incluindo decisores políticos, investigadores, estudantes universitários, técnicos de entidades públicas, privadas ou do terceiro sector, e estão alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas, procurando responder ao desenvolvimento de conhecimentos e competências em matérias muito distintas, como a segurança alimentar, as perdas e desperdícios alimentares, as alterações climáticas, a gestão de recursos naturais, as questões de género, o trabalho infantil, entre muitas outras.

A formação é certificada e o catálogo de cursos pode ser consultado em https://elearning.fao.org.

Foto: FAO (Direitos Reservados)