compal frutologia
[Imprimir]

Ana Paula Silva, Berta Gonçalves e Carlos Ribeiro, docentes da UTAD, participaram como formadores numa ação de formação para fruticultores nacionais realizada no Centro de Frutologia Compal, no dia 3 de agosto.

A ação decorreu integralmente online e focou-se na digitalização do negócio agrícola, mas também nas Alterações Climáticas e o Comportamento das Fruteiras nos temas do Pós-Colheita, e também em alguns dos desafios que o contexto pandémico levanta em termos do escoamento da fruta para os mercados.

Desde a sua criação em 2012, o Centro de Frutologia Compal já formou 72 empresários frutícolas e atribuiu 18 bolsas de instalação no valor global de 360.000€. Como formadores têm participado entidades, organizações e profissionais do setor agrícola, como a Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, Associação dos Produtores Agrícolas da Sobrena, Associação Nacional de Produtores de Pera Rocha, Associação Portuguesa de Nutrição, Boa Energia, Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional, Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal, Coopérnico, Crédito Agrícola, Frutalmente, Frutus – Estação Fruteira de Montejunto, Geodouro, Instituto Superior de Agronomia, Luís Sabbo Frutas do Algarve, Quinta d’Aléns, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Wisecrop, às quais se juntam este ano Advanced Products Portugal, Dott.