[Imprimir]

A UTAD em conjunto com os colegas de curso e da equipa de rugby da Associação Académica da UTAD prestaram, a 19 de setembro, uma homenagem póstuma a Paulo Águas, licenciado em engenharia zootécnica pela UTAD, que faleceu bruscamente em julho de 2020.

O programa integrou uma missa, realizada na Aula Magna, respeitando todas as indicações da DGS relativas à Pandemia COVID_19 e, após uma intervenção do reitor da UTAD, António Fontainhas Fernandes, também ele colega de equipa de rugby, que dirigindo-se aos presentes disse ser “uma geração da vida, porque estamos juntos” tendo agradecido a presença todos “nesta que será sempre a vossa Universidade”.

Luís Bolas, colega de curso de Paulo Águas, que viajou do Brasil para estar neste momento de reunião e de partilha de memórias referiu-se,  visivelmente emocionado, aos “dias felizes que nós passámos e que nunca vamos esquecer” e, dirigindo-se aos três filhos de Paulo Águas, acrescentou que este foi um ”grande amigo nosso e que estará sempre no meio de nós”.

Houve ainda lugar à plantação de uma árvore, um castanheiro ColUTAD, resistente à doença da Tinta, no complexo desportivo da UTAD, com vista para o campo onde a equipa de rugby treinou e jogou inúmeras vezes. Esta árvore, que irá ficar identificada como “Paulo Águas ColUTAD”, foi plantada por um conjunto de colegas da equipa de Rugby.

Paulo Águas era vereador na autarquia do Fundão com os pelouros do Desenvolvimento Rural e Agricultura; Ordenamento do Território; Gardunha; Valorização dos Produtos Locais; Internacionalização; Avaliação e Monotorização – Observatório Municipal. Desde 1991, era docente no Instituto Politécnico de Castelo Branco, desempenhou os cargos de Presidente da Direção do Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional, Vice-Presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (2013-2016), Membro da Direção da AREFLH (Assemblé dês Regions Européennes Frutiéres et Horticoles) e, desde 2017. ​