[Imprimir]
O programa de doutoramento “AgriChains: Cadeias de Produção Agrícola – da mesa ao campo”, coordenado pelo CITAB, tem sete novos estudantes na 6ª edição, que teve inicio em de outubro de 2020, com um webinar onde participaram oradores internacionais.
 
Destes estudantes, seis são bolseiros, beneficiários de bolsas de investigação financiadas pela FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia, e um não-bolseiro, e são todos de nacionalidade portuguesa.
 
Este programa doutoral da UTAD, em associação com a Universidade do Minho, conta com 54 alunos desde a sua criação, em 2014, tendo já formado 17 doutores nas cadeias de valor agroalimentar. A existência de dois parceiros europeus, a Universidade de Wageningen (Países Baixos) e a Universidade Polítécnica de València (Espanha) já proporcionou diversas co-orientações de teses e resultou em dois doutoramentos europeus.