Secretário Geral das Nações Unidas destaca o papel das Universidades na Ação Climática

Numa intervenção no “World Leaders Forum on Climate Change” realizado na Universidade de Columbia, Nova Iorque, no passado dia 2 de dezembro, António Guterres, Secretário Geral da ONU, chamou a atenção do mundo para a necessidade de ação urgente para combater as alterações climáticas e destacou o papel das universidades como “essencial para o nosso sucesso”.

Um artigo publicado na newsletter “University Worls News” de 6 de dezembro destaca os pontos principais do seu discurso, desde logo a afirmação de que a humanidade está a fazer uma “guerra suicida à natureza” e que o “o planeta está em estado de falência”.

Como também referiu, existe uma orientação para a ação a desenvolver, representada pela Agenda 2030, os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris: “As soluções estão lá. Agora é tempo de transformar as relações da humanidade com o mundo natural e entre todos nós. E temos de o fazer em conjunto. Solidariedade é humanidade. Solidariedade é sobrevivência. Esta é a lição de 2020”.

As universidades de todo o mundo têm revelado um elevado sentido de responsabilidade nesta matéria, sendo conhecidos exemplos de todo o mundo, como revelado sistematicamente em conferências, assim como num número crescente de artigos na “University Worls News” e outros meios de comunicação ligados à esfera académica.

A UTAD, no seu Plano Estratégico 2017-21, deixou claro o compromisso como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e tem vindo a realizar iniciativas nesse sentido, como verificado nos resultados da sua candidatura de 2019 ao “Times Higher Education Impact Rankings”, agora renovado para o ano 2020.

O Jornal Económico, no seu suplemento dedicado à Educação, do passado dia 4 de dezembro, destacou o exemplo da UTAD na construção de “um campus carbono zero” até 2030, com iniciativas ligadas à mobilidade, transição energética, gestão da água e redução dos plásticos, entre outras.

FOTO: JPSantos/UTAD