dest-news-fev
[Imprimir]

Investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), obtiveram recentemente aprovação a 10 projetos (sete em co-promoção e três mobilizadores), que representam um financiamento para a UTAD de mais de 2,6 milhões de euros, no âmbito do Portugal 2020 e através da Agência Nacional de Inovação.

Estes 10 projetos envolvem a parceria com 40 empresas nas áreas de inovação tecnológica diversa e abrangem temas como o envelhecimento de vinho; sistemas de iluminação artificial com tecnologia LED para relvados; sistemas de avaliação da qualidade técnica das imagens em veterinária; desenvolvimento de nova câmara multiespectral de baixo custo; diagnóstico ecográfico da displasia da anca; uso de bagaço de azeitona na alimentação de suínos da raça Bísara; Estratégias Colaborativas para a Gestão Integrada da Floresta e do Fogo;   e Alimentos inovadores, naturais, nutritivos e orientados para o consumidor.

A UTAD tem vindo a reforçar o seu papel ao nível da inovação tecnológica mediante o reforço da cooperação com o sistema empresarial, o qual se traduziu num aumento de projetos de co-promoção e mobilizadores.

O Pró-reitor para área dos Projetos Estruturantes, Alberto Batista, considera que este tipo de parcerias “reforça o potencial de inovação e a transferência tecnológica nas empresas da região”. Adianta ainda que esta dinâmica “abre boas perspetivas para as áreas de promoção, desenvolvimento e investigação previstas no Plano de Recuperação e Resiliência apresentado recentemente em discussão publica pelo Governo.