[Imprimir]

Está em execução a nível nacional um projeto intitulado Laboratórios Portáteis de Bolso: Prática de Engenharia do Controlo Tornada Fácil.Este projeto conta com a participação de docentes de várias universidades portuguesas e é coordenado por Paulo Moura Oliveira, docente do Departamento de Engenharias da Universidade de Trá-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

O projeto foi proposto pela APCA- Associação Portuguesa de Controlo Automático, é financiado pela IFAC- International Federation of Automatic Control no âmbito do IFAC Activity Funds, e tem como objetivo principal a divulgação de laboratórios portáteis para realizar atividades de ensino/aprendizagem de controlo automático nas Escolas Secundárias e Profissionais.

Os cursos de Engenharias implicam uma forte componente laboratorial e o acesso aos laboratórios, pelos alunos no período extra-aulas, nem sempre é possível. Nos últimos anos têm sido desenvolvidos laboratórios portáteis (chamados de bolso), baseados em dispositivos digitais tais como o Arduíno e Raspberry Pi, e estes laboratórios portáteis têm vindo a ser utilizados em atividades de ensino/aprendizagem do Controlo Automático no Departamento de Engenharias da UTAD.

“Os laboratórios portáteis são de baixo custo, podem ser utilizados no contexto de aula e extra-aula – por exemplo em casa – e têm sido uma mais valia em tempos da pandemia da COVID_19 pois permitiram a execução de trabalhos práticos por parte dos alunos em confinamento”, afirma Paulo Moura Oliveira.

Com o objetivo de mostrar as potencialidades destes laboratórios portáteis, foi realizado a 14 de Abril um Webinar que contou com a participação de 35 docentes de escolas secundárias/profissionais de todo o país, estando já previstas visitas a algumas escolas secundárias para efetuar demonstrações dos laboratórios portáteis.

Uma gravação do Webinar pode ser visualizada AQUI.