Associação Académica da UTAD vai ter, finalmente, o seu edifício-sede

Em cerimónia simbólica, no átrio das Pedrinhas, decorreu, no dia 1 de julho, o ato de assinatura do contrato de empreitada do edifício-sede da Associação Académica da UTAD (AAUTAD), um melhoramento que vem dar resposta a uma reivindicação antiga das sucessivas direções de estudantes, que, desde a sua fundação, vêm ocupando, quer no campus quer na própria cidade, instalações exíguas com escassas condições de trabalho.

Muito concorrida por alunos e professores, a cerimónia contou com a presença do Reitor, Administrador, arquiteta responsável do projeto e dos Presidentes das Escolas, dos Conselhos Pedagógico e Científico, assim como de representantes dos Núcleos de Estudantes a Presidente da Associação Académica da UTAD, Maria Ferreira.

A arquiteta responsável pelo projeto descreveu-o minuciosamente. O novo espaço para a AAUTAD integrará: 1 – A Loja da UTAD, como espaço de venda de artigos da AAUTAD, da UTAD e da região, é criada para reforçar a identidade da comunidade académica e para aumentar a notoriedade externa (merchandising, produtos de referência, através de autores/marcas de referência, publicações, produtos da UTAD, ex. mel) e para promoção de produtos regionais, reforçando a ligação da Universidade com a sociedade, em especial com a região (marca Douro). 2 – Work-café – espaço de experiência de lazer e um espaço de co-work, aberto a toda a comunidade, com especial ênfase no estudante. 3 – Espaço de Estudo. 4 – Auditório. 5 – Espaços afetos à estrutura orgânica da AAUTAD (direção/suporte/desporto). 6 – Novos espaços a afetar aos Núcleos da AAUTAD. Será ainda criado um novo espaço de refeições para os trabalhadores da UTAD

O Reitor, Emídio Gomes, particularmente satisfeito com o empreendimento e o que ele representará em termos de futuro, reconheceu o novo local da sede da Associação Académica como “um espaço icónico, um espaço que será gerido pelos nossos estudantes”, onde nascerá “uma espécie de University Center”, tornando-se “o coração do pulsar deste campus no futuro”.