[Imprimir]
Paulo Fernandes (Floresta), Jaime Sampaio (Ciências do Desporto), Fernando Pacheco (Engenharia do Ambiente),Hélder Fraga (Meteorologia e Ciências Atmosféricas), Eduardo Rosa (Ciência Alimentar), Francisco Peixoto (Toxicologia), Alice Vilela (Biotecnologia), Amélia Silva (Farmacologia e Farmácia) e Luís Cardoso (Micologia e Parasitologia) figuram na ‘World’s Top 2% Scientists list’, o ranking dos cientistas mais citados a nível mundial.
 
Esta base de dados abrange mais de 170 áreas, contemplando uma seleção dos investigadores cujo trabalho se destacou no último ano, segundo os indicadores calculados a partir da base de dados SCOPUS. A informação está compilada em duas tabelas: uma que tem como referência o impacto ao longo do último ano e outra que considera o impacto ao longo da carreira. Nesta última listagem, repetem-se os nomes dos investigadores Paulo Fernandes, Eduardo Rosa, Richard Bennett, Fernando Pacheco e inclui-se o da investigadora Verónica Bermudez (Energia).
 
Coordenada por John Ioannidis, da Universidade de Stanford (EUA), a última atualização da ‘World’s Top 2% Scientists list’ compila os indicadores de citações em todos os domínios científicos de mais de 180 mil investigadores.