Centenas de estudantes participaram no Dia do Pensamento Crítico

Numa organização do webPACT – Grupo de Pensamento Crítico e Criativo da UTAD, decorreu no dia 21 de maio a grande final do Dia do Pensamento Crítico, evento interinstitucional, que contou com a participação de várias centenas de estudantes.

Nesta fase, e online, o evento reuniu as equipas vencedoras de alunos das instituições de ensino superior que se associaram à UTAD na dinamização presencial da primeira fase local do Dia do Pensamento Crítico: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Instituto Politécnico de Saúde do Norte – CESPU, Universidade Lusófona do Porto, Escola Superior de Turismo e Hotelaria do Instituto Politécnico da Guarda, Universidade Lusófona de Lisboa e a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa. Esta fase presencial, que decorreu de 28 de abril a 13 de maio, contou com a participação de centenas de alunos. Na UTAD, esta foi já a 3.ª edição do evento.

O Dia do Pensamento Crítico consistiu num concurso de soluções para problemas complexos atuais. Teve como objetivos principais consciencializar os participantes para a importância do pensamento crítico e criativo no mundo atual e fomentar nos estudantes a prática do pensamento crítico e criativo, de forma sistemática e estruturada, para apoiar a resolução de problemas reais e a tomada de decisão. Nas sessões de trabalho, os participantes, organizados em grupos cooperativos e multidisciplinares, debruçaram-se sobre a gestão da água, sobre a igualdade de género, a participação democrática e a desinformação.

Nos trabalhos, participaram estudantes de diversos níveis de escolaridade, desde o ensino secundário a estudantes de doutoramento, e de várias áreas disciplinares, desde a matemática e as humanidades às ciências da saúde. A orientação e a avaliação dos trabalhos contaram com um painel de especialistas convidados, tanto nos eventos locais como nesta fase interinstitucional, promovendo-se desta forma a articulação do meio universitário com o meio laboral e a sociedade.

Na sessão de encerramento, os responsáveis pela organização do evento nas fases local e interinstitucional, Maria Manuel Silva e Armando Soares, docentes da UTAD, congratularam-se com o sucesso deste trabalho desenvolvido em estreita cooperação com docentes de outras instituições de ensino superior e com os especialistas convidados. Terminaram lançando o repto para que o Dia do Pensamento Crítico potencialize o pensamento crítico todos os dias.​