[Imprimir]

“Oceanos, pessoas e cooperação para o desenvolvimento sustentável” é o mote para a edição deste ano da Universidade Internacional de Verão da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Promovida pela Cátedra UNESCO em ‘Geoparques, Desenvolvimento Regional Sustentado e Estilos de Vida Saudáveis’, esta Universidade Internacional de Verão arranca a 13 de julho, em ambiente online e com participantes dos cinco continentes.

Com mais de três dezenas de palestrantes oriundos de 17 países, a 6ª edição da Universidade Internacional de Verão em Geoparques, Desenvolvimento Regional Sustentado e Estilos de Vida Saudáveis vai contar com 180 participantes, de 47 nacionalidades.

“Além de celebrarmos o 30º aniversário do Programa UNITWIN/UNESCO, esta Universidade de Verão é um contributo para a Década das Nações Unidas das Ciências Oceânicas para o Desenvolvimento Sustentável, sendo já um grande êxito pelo elevado número de oradores e participantes”, refere Artur Sá, coordenador da Cátedra UNESCO na UTAD.

Até 15 de julho, a Universidade Internacional de Verão em Geoparques, Desenvolvimento Regional Sustentado e Estilos de Vida Saudáveis vai proporcionar, de forma gratuita, 14 horas de formação avançada sobre as dinâmicas dos geoparques costeiros e insulares. Desde os Açores ao Japão, passando pelas zonas costeiras do Brasil até à Indonésia, os diversos oradores vão trazer uma visão global tão necessária como urgente.

A Universidade Internacional de Verão em Geoparques, Desenvolvimento Regional Sustentado e Estilos de Vida Saudáveis é uma iniciativa de capacitação de alcance global que, no seguimento da ‘Declaração de Lisboa’, aprovada como corolário da Conferência dos Oceanos, vem mostrar a importância dos Geoparques Mundiais da UNESCO costeiros e insulares para a educação e investigação das problemáticas associadas às alterações climáticas e a necessidade de se educar e capacitar para a resiliência e o desenvolvimento sustentável nestes territórios”, conclui o professor da UTAD.

Desde a sua primeira edição em 2017, a Universidade Internacional de Verão em Geoparques, Desenvolvimento Regional Sustentado e Estilos de Vida Saudáveis já registou mais de 600 participantes, representando mais de 80 nacionalidades. Para esta 6ª edição, as inscrições são gratuitas e estão abertas até amanhã.

 

Texto: Patrícia Posse