[Imprimir]

Hoje, dia 30, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) acolhe a visita de uma comitiva do Fundo de Desenvolvimento de Capital Humano da República Democrática de Timor-Leste (FDCH). Pelas 15h, na sala de reuniões da Reitoria, será assinado um protocolo de cooperação entre as duas instituições, com o objetivo de implementar um programa de bolsas de estudo que permitirá capacitar os recursos humanos de Timor-Leste. O documento será ratificado pelo Diretor Executivo do FDCH, Cristóvão dos Reis, e pelo Vice-Reitor para a Internacionalização da UTAD, Luís Ramos.

Ao longo das últimas décadas, vários docentes da UTAD têm colaborado na elaboração e implementação de vários programas e cursos do Ensino Superior em Timor-Leste, inclusivamente na sua docência. E no ano em que se assinalam 20 anos de independência de Timor-Leste, há 15 alunos timorenses matriculados na academia transmontana, nomeadamente nas licenciaturas de Engenharia Biomédica, Línguas e Relações Empresariais e, também, Ciências da Educação.

Texto: Patrícia Posse